Descomplicando a Informática | A relação entre a preguiça e os crimes cibernéticos

0
147
Crimes cibernéticos

Todos sabemos que a grande maioria das pessoas atualmente têm acesso a internet e utilizam diversos serviços online como redes sociais, acesso a conta bancária e diversos serviços específicos que necessitam de uma identificação por parte da pessoa que os acessa. Estas pessoas fornecem dados particulares a estes websites e instituições que os mantém em total segurança e devidamente criptografados, ou seja, codificados em caracteres aleatórios de maneira que o conteúdo fique restrito a leitura e interpretação somente do website que o gerencia. Sabemos que estamos sujeitos a ataques cibernéticos que podem clonar tais informações e nos causar diversos problemas, os mais comuns estão relacionados a senhas de redes sociais, senhas de contas bancárias e dados de cartões de crédito, que quando estão em poder de hackers, profissionais responsáveis por cometer estes crimes, que ao se apoderarem de tais dados confidenciais podem cometer delitos graves e que podem acarretar sérios problemas as vítimas. Porque podemos relacionar a preguiça, uma característica tão comum nas pessoas, com a vulnerabilidade dos dados pessoais informados pela internet? Recomenda-se que a pessoa mantenha anotado em um bloco ou caderno os dados de acesso a banco, e demais contas, pois as pessoas costumam memorizar os dados de cartões de crédito, dados bancários e senhas, prática que é um “prato cheio” para hackers resgatarem estas informações para benefício próprio.

Portanto, atente-se. Mantenha seus dados e senhas sempre anotados, alguns segundos digitando estes dados farão uma enorme diferença em sua vida evitando que hackers possam roubar estes dados através de links e vírus mal-intencionados. Evite a preguiça! Não memorize seus dados e senhas utilizados na internet e viva seguro!

Responda