População questiona corte de árvores em Ouro Fino

0
589
Árvores (Reprodução/Google)

Frequentemente no Facebook há manifestações da população de Ouro Fino sobre a derrubada de árvores na cidade. O caso mais recente aconteceu próximo à Praça do Berrante e o ato vem causando questionamentos entre a população.

Os manifestantes acusam que os cortes estariam sendo feito de maneira indiscriminada, dizem ainda que outras mudas de árvores não são plantadas para substituírem as derrubadas.

Árvore podada em Ouro Fino causa revolta na população (Foto: Luciano Fuzari)
Alguns comentários da população sobre os cortes das árvores (Reprodução/Facebook)

Luciano Fuzari, artista ourofinense, criou um vídeo, intitulado ”Funeral de Passarinho”, em forma de protesto contra as recentes podas, confira o vídeo:

Segundo comentário na rede social Facebook, feito pelo Secretário Municipal de Administração e Planejamento, Toninho Miguel, as podas foram programadas pela CEMIG/Rizal. A empresa realiza diversos cortes em árvores que podem prejudicar a fiação da rede elétrica.

Esclarecimento de Toninho Miguel

 

Mas o que não fica claro é que as árvores em questão foram cortadas no toco e não apenas podadas. Cortes totais desse tipo só devem ser realizados quando a árvore está condenada e pode causar risco de queda, como aconteceu recentemente quando uma velha árvore veio a cair próximo a rodoviária, tornando-se um perigo para os estabelecimentos e casas próximas ao local, ou em caso de a presença da árvore inviabilizar alguma obra pública, mas nesse caso, outras árvores devem ser plantadas para substituir a que for derrubada.

A manutenção e cuidado com as árvores nas áreas urbanas são trabalhos sempre necessários, levando em conta principalmente critérios ambientais.

Responda