SER+ Com Coaching | O que fazer quando os pais não apoiam a escolha profissional dos filhos?

0
239

Um desejo muito comum dos jovens é fazer uma escolha profissional em que os pais se sintam orgulhosos.

Mas o que fazer quando eles não apoiam a  escolha dos filhos?

Veja algumas respostas de situações corriqueiras no consultório, nesta relação de embate entre pais e jovens, e considere um diálogo construtivo para reflexão em família, de modo que a escolha seja feita com maturidade pelos filhos e maior aceitação pelos pais:

  1. “Meus pais querem que eu tenha estabilidade financeira”

No mercado de trabalho atual não existe garantia de estabilidade. Estabilidade, na verdade, é uma questão de se organizar e planejar. Habilidades de gestão pessoal garantem mais estabilidade hoje do que emprego.

2. “Meus pais acham que a faculdade que eu escolhi não dá dinheiro”

Os pais desejam o melhor para os filhos e a autonomia financeira é um sinal de sucesso para eles. No entanto muitos pais desconhecem as inúmeras possibilidades de atuação profissional que o mundo do trabalho oferece hoje e as oportunidades de realização pessoal.

Atualmente os trabalhadores estão mais livres e optando por escolher caminhos de trabalho que lhe tragam mais sentido de vida e felicidade.

Aproveitem esta oportunidade de preocupação e reflitam sobre o retorno financeiro desta profissão escolhida, mas também “Qual profissão seu filho vê sentido em seguir e por quê?”. A escolha tem que ser feita baseada em questões mais amplas, não só financeira.

3. “Meus pais querem que eu siga a profissão da família para continuar os seus negócios”

É preciso ter muito diálogo e compreensão de ambas as partes. Cada pessoa é responsável pela própria jornada. O indicado é que os pais tentem conversar com seus filhos sobre os seus sonhos, suas habilidades, suas competências e como a sua própria escolha faz sentido para ele.

  1. “O sonho dos meus pais é me ver numa universidade pública”

As expectativas dos pais são grandes mesmo em relação aos seus filhos, não devemos esperar menos! Então pesquisem juntos e conversem sobre outras universidades particulares tão boas quanto uma publica. Ampliem o leque de possibilidades com uma pesquisa bem feita.

São muitas as questões nesta hora tão difícil da decisão profissional. Mas lembre-se de que há sempre uma saída para tudo na vida!

Responda