Ouro Fino tem menos médicos por habitantes do que a média nacional

0
116
Médicos (Reprodução/Google)

Uma pesquisa realizada pelo Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM-MG), demonstrou que Ouro Fino tem menos médicos por habitantes do que a média nacional. A pesquisa mostra que, no município há 1 médico para 734 habitantes.

A cidade está muito longe da média nacional de médicos por habitantes, a média é de 1 médico para 470 habitantes, e isso acaba virando um grande problema. Pois, gera uma grande fila de espera, atendimento ruim e desgaste excessivo do profissional.

É importante frisar que, devido ao baixo número de médicos, as especialidades também são poucas. Fazendo o cidadão se deslocar até outras cidades para serem atendidos.

Mas, a cidade coopera muito com o baixo número de médicos presentes, visto que a estrutura oferecida por ela é muito inferior as de outras cidades. Por exemplo, Pouso Alegre, tem uma média de médicos por habitantes superior à média nacional, tendo cerca de 1 médico para cada 395 habitantes. No entanto, vale ressaltar que a cidade possui uma faculdade de medicina e um hospital escola, que é um atrativo e tanto para a escolha dos médicos.

A cidade de Pouso Alegre também oferece condições de vida melhores para os profissionais, fato esse que as cidades vizinhas ainda não conseguem entregar aos médicos. Além disso, a baixa renda per capita da população ourofinense, impede que a demanda de consultas particulares cresça, causando pouca produtividade para clínicas e consultórios particulares, e devido a este fato, o desinteresse em trabalhar em Ouro Fino aumenta ainda mais.

Uma possível causa do baixo número de médicos na cidade é a falta de vagas de emprego na inciativa privada e de concursos públicos na área da medicina, assim, eles optam por cidades que, além de oferecerem melhores condições de vida, também oferecem maiores oportunidades de trabalho.

Clique aqui para ter acesso a lista completa.

Responda