SER+ Com Coaching | Coaching X Terapia: qual é a diferença?

0
38

Como ambos, processo de Coaching e processo terapêutico, promovem momentos de reflexão e crescimento pessoal, existe muita confusão sobre a diferença entre as duas experiências. Ambos são valiosos e até complementares em alguns casos, mas são duas técnicas diferentes. 

Veja lá:

Terapia 

A terapia é realizada por um profissional de psicologia e trabalha com pessoas que apresentam problemas, disfunções ou transtornos psicológicos e psiquiátricos. Possui um caráter clínico, que tem como propósito investigar e analisar os conteúdos trazidos pelo paciente para solucionar o problema.

De maneira geral, o terapeuta busca o esclarecimento e o porquê de algo que aconteceu ou o motivo de determinado comportamento para, depois disso fazer aconselhamentos e outras intervenções que julgar necessárias. 

Coaching 

Prática mais recente, o coaching trabalha com pessoas que não necessariamente sofrem de algum transtorno psicológico e/ou psiquiátrico.

O foco está sempre no futuro, em realizar mudanças necessárias na vida para se atingir um objetivo pessoal ou profissional. O olhar é sobre a solução e não na detecção de um problema. 

O profissional (que não precisa ter formação específica) auxilia o cliente (que não é um paciente) a ter clareza dos seus desejos de futuro e a identificar as limitações e os recursos pessoais que estão em seu caminho, seja dentro ou fora do ambiente de trabalho para se atingir o que se deseja. 

Todos os resultados são mensuráveis e apresentados ao final do processo.

Resumindo, a resposta mais simples sobre a principal diferença entre as práticas é: 

✔️o coaching tem como foco objetivos futuros, é um empoderamento do ser. 

✔️Já a terapia é a cura por meio da resolução de problemas do passado que afetam o presente. 

As duas técnicas têm seus valores e eficiências, variando de acordo com as necessidades de cada pessoa.

E quando o Coaching é feito por um psicólogo?

O Coaching lida com sonhos, desejos, expectativas. Nesta trajetória o cliente acaba saindo de sua zona de conforto, desenvolvendo certas habilidades, enfrentando situações difíceis, sendo chamado a fazer diferente do que estava acostumado.

Inevitavelmente, isto tem um impacto emocional (maior ou menor) em cada cliente. E, diante disso, é preciso fazer manejos de forma adequada, para não trazer danos e ainda ajudar a pessoa a ter sucesso no processo. 

Quando o Coach é um psicólogo ele tem a mestria (vinda da competência profissional específica) em fazer isso, acelerando e contribuindo com o desempenho da pessoa ao acolher e ajustar as dificuldades emocionais reveladas no caminho. 

Ninguém melhor que um psicólogo que também é coach para acolher impactos emocionais presentes do processo e também identificar de forma crítica e ética a natureza da demanda que uma pessoa apresenta no início para, a partir de então, propor a melhor metodologia de trabalho para intervir naquele contexto.

Você quer mudar alguma situação na sua vida? Entre em contato comigo. Sou psicóloga coach e posso te ajudar!

Até a próxima!

Responda