Pe. Paulinho e sua mãe são internados após comerem comida envenenada

2
2386
Padre Paulinho (Foto: Reprodução/Google)

O padre Paulinho, da Comunidade Canção Nova, passava férias no Distrito de Crisólia, na casa da sua mãe, Adelaide Nogueira Costa. E essas férias quase custou a vida de ambos.

No sábado, dia 27, no horário de almoço, após a comida já estar preparada, o padre foi convidado para fazer uma visita a uma pessoa que se encontrava doente. De bom coração, Paulinho deixou a mesa e se locomoveu até a residência da enferma. Sua mãe o acompanhou até lá.

Após a visita, o padre e sua mãe retornaram para casa e logo foram almoçar. A mesma carne que os dois comeram foi servida aos gatos de D. Adelaide. Minutos após os felinos ingerirem o alimento, todos os três morreram.

O padre e sua mãe também começaram a passar mal e imediatamente foram até o Hospital de Ouro Fino e posteriormente se deu início ao processo de desintoxicação. O padre, com início de arritmia cardíaca foi transferido para a UTI do Hospital Santa Paula, em Pouso Alegre.

No momento, o Padre Paulinho está fora de risco de morte e continua em observação. O mesmo vale para sua mãe, que também se encontra bem e em observação no Hospital de Ouro Fino.

Em relação ao veneno na carne, a Polícia está realizando uma perícia no alimento. Porém, há a possibilidade de ter sido algo acidental, pois segundo o padre Roger, eles não têm nenhum tipo de inimigo, nenhuma situação parecida nesse aspecto para que fosse alguma coisa maldosa.