Armas de fogo são apreendidas na zona rural de Ouro Fino

0
1479
Materiais apreendidos (Foto: WhatsApp)

A Polícia Militar de Ouro Fino, durante policiamento na festa de Crisólia, no último domingo (16), iniciou a Operação Batida Policial, abordando cidadãos em atitudes suspeitas ao redor do evento. Ao se deparar com dois indivíduos, que estavam afastados da praça do distrito, os militares se deslocaram até eles, que ao perceberem que seriam abordados, correram para dentro de um pasto.

A perseguição durou cerca de três quilômetros. No momento que a PM conseguiu interceptar e abordar os cidadãos, foi identificado que se tratava de menores de idade. Eles foram levados pela viatura até o local onde residiam, no bairro São Pedro, e, após buscas internas, foi encontrada uma espingarda calibre 32.

O pai de um dos jovens foi questionado a respeito do material e o mesmo revelou que as armas não eram de sua propriedade, mas de seu patrão. Após colher as informações, novas buscas foram iniciadas na residência e outras armas de fogo encontradas.  Em contato telefônico com o dono das armas, um engenheiro civil, de 63 anos, ele contou que os objetos eram herança de família.

Logo em seguida, o proprietário da residência chegou ao local, portando dois registros de armas de fogo, referentes a um revólver calibre .32 e um rifle .22, mas, os documentos estavam vencidos há cinco anos.

As armas foram apreendidas e tanto o caseiro e o proprietário das armas foram presos e levados para a Delegacia de Polícia.