Antiga rodoviária sofre com o abandono e vandalismo

0
220
Guichês destruídos (Foto: Grupo Ouro Fino Insustentável)

O Terminal Rodoviário Sérgio Favilla foi desativado no fim de agosto do ano passado. E, além de deixar de ser a rodoviária de Ouro Fino, o local está completamente abandonado e virou palco para vândalos destruir o que sobrou por lá.

Sendo um patrimônio público, a Prefeitura de Ouro Fino deveria, ao menos, preserva-la. Por mais que, futuramente, o prédio será destruído para a construção de um centro de educação, não justifica tal abandono.

Caminhando pelo local, me deparei com um verdadeiro caos. É nítido que pessoas de má fé causaram destruição por lá. Pedaços de vidros espalhados pelo chão, portas e vidros totalmente danificados e muita, muita sujeira. Durante a noite, a antiga rodoviária se transformou em um ponto de encontro para usuários de drogas.

Porta danificada
(Foto: Facebook)

Com os problemas apresentados na nova rodoviária, a população ourofinense questiona a atual administração sobre a mudança. O prefeito Maurício já esclareceu que a mudança teve que ser feita, pois, as empresas de ônibus já haviam comunicado que deixariam de passar por Ouro Fino caso a rodoviária continuasse na Rua Coronel Paiva.

Segundo as empresas, a localização da antiga rodoviária atrasava e muito as viagens, pois, os ônibus eram obrigados a entrarem dentro da cidade. Na nova rodoviária, o acesso a MG-290 é rápido e fácil.

A Prefeitura Municipal de Ouro Fino precisa, urgentemente, tomar providências com o Terminal Rodoviário Sérgio Favilla. O abandono ao patrimônio público é uma grande falta de respeito com a população, que tanto gosta e elogia o local.

Esperamos que o Executivo inicie logo o projeto de reaproveitar o terreno e construir um novo centro de educação, que beneficiaria todos os moradores dos bairros próximos ao local e acabaria com o vandalismo que atualmente ocorre por lá.