Nutrição Inteligente | Insônia e alimentação. Qual a relação?

0
61
Insônia
Insônia (Reprodução/Google)

Aquela frase de que quem não dorme, não emagrece é verdade! A privação do sono está relacionada ao estado físico, cognitivo e humor do indivíduo.
A insônia apresenta impactos negativos sobre a saúde, interferindo nas vias metabólicas e neurais responsáveis pelo balanço energético do organismo e podem influenciar no ganho de peso corporal, elevando a predisposição a sobrepeso e obesidade.

Um estudo clínico relata que pessoas com peso normal e quadros clínicos de insônia apresentam maior desejo por alimentos doces, gordurosos e de alto valor calórico, o que pode interferir diretamente no ganho de peso corporal, além de promover consideráveis alterações cardíacas e no metabolismo de glicose.

Durante a insônia, ocorrem alterações dos níveis de leptina e grelina, hormônios responsáveis pelo controle do metabolismo e regulação do balanço energético do organismo. Níveis baixos de leptina, leva ao aumento de desejo por alimentos doces. Alterações de grelina, levam ao aumento do apetite, resultando na alteração no metabolismo energético e proporcionando o aumento de peso.

Para melhorar a qualidade do sono:

– Prefira um ambiente calmo, escuro, silencioso e confortável. Você pode colocar uma música relaxante e meditar. Essas práticas aumentam os níveis de serotonina e podem ajudar a melhorar a qualidade de seu sono;

– Realize refeições até uma hora antes de dormir. Alimentos com maior índice glicêmico pode ajudar a promover o sono;

-Alimentos fontes de triptofano (cacau, banana, aveia, castanhas);

– Uso de chás como Camomila, Melissa, Folha de Maracujá, Erva Cidreira, Erva Doce e Mulungu, podem diminuir o tempo de início de sono. Consulte um nutricionista.

Evite:

– Dietas muito restritas em calorias;

– Dietas ricas em gordura, podem diminuir o tempo total de sono;

– Evite celular, televisão, computador ou aparelhos eletrônicos que geram luz;

– Bebidas que contenham cafeína, bebidas à base de cola, refrigerantes, guaraná e outras bebidas estimulantes (chá verde, erva-mate).

Referência Bibliográfica:

ST-ONGE, M-p et al. Sleep restriction increases the neuronal response to unhealthy food in normal-weight individuals. 2013.Nutrição Inteligente |