Covid-19: Ouro Fino está na lista das 22 novas cidades de Minas Gerais em estado de calamidade pública

0
438
Alerta Covid-19 ( Foto: Redes Sociais).

Nesta quinta-feira (4) a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) reconheceu estado de calamidade pública em mais 22 cidades mineiras e prorrogou a condição em outros 77 municípios. O reconhecimento de calamidade pública atende aos requisitos das devidas prefeituras, onde, nessa situação, os Executivos municipais podem trabalhar com maior flexibilização da lei de responsabilidade fiscal e fazer, por exemplo, contratações temporárias e sem licitação como medidas emergenciais.

De acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (Ses), Minas Gerais soma até o momento 901.535 casos de COVID-19 (7.890 nas últimas 24 horas) e 19.032 mortes, sendo 160 contabilizadas em um único dia pelo vírus. Devido a um novo avanço do coronavírus, o Governo de Minas intensificou o plano de combate à pandemia, com direito a imposição de toque de recolher em cidades determinadas.

As cidades que entraram em estado de calamidade pública por conta da Covid-19 são: Bicas, Carlos Chagas, Conceição da Barra de Minas, Coromandel, Inconfidentes, Itaguara, Itajubá, Itamonte, Itumirim, Juiz de Fora, Lagoa dos Patos, Lagoa Dourada, Lagoa Santa, Lavras, Lontra, Matipó, Mercês, Monte Carmelo, Ouro Fino, Santa Rita de Caldas, Tarumirim e Tupaciguara.

Cabe enfatizar que, de acordo com Diretor da Santa Casa de Ouro Fino Octávio Miranda Junqueira, o hospital atingiu 100% de ocupação dos leitos reservados para pacientes com Covid-19, ou seja, já não há mais espaço para tratar pessoas que necessitam ser internadas.

Responda

Please enter your comment!
Please enter your name here