Exames não apontam coronavírus em família internada em Pouso Alegre

0
746
Entrevista coletiva no HCSL
Entrevista coletiva no HCSL (Foto: Magson Gomes/Terra do Mandu)

A família de Varginha, que estava internada em isolamento no Hospital das Clínicas Samuel Libânio com suspeita do novo coronavírus, recebeu uma grande notícia nesta quinta-feira (05). Os exames apontaram que a família não foi infectada pelo vírus.  

A família passou 15 dias na Europa e visitou dois países: Itália e França. Ao chegar no Brasil, Anderson Fazzion, Karina Fazzion e Lowell Fazion começaram a apresentar sintomas gripais. Como o coronavírus havia infectado pessoas no velho continente, Anderson resolveu procurar a secretaria municipal de saúde de varginha.  

Os exames foram feitos através da Fundação Oswaldo Cruz (Fio Cruz) no Rio de Janeiro. A família Fazzion ficou isolada em uma área do hospital por oito dias. “Hoje constatamos, através dos exames da Fundação Oswaldo Cruz, que eles não são portadores do novo coronavírus. Foi uma experiência intensa para eles e para nós de tratarmos de uma doença nova, de características diferentes do habitual. Mas, felizmente, pudemos oferecer um tratamento adequado, com dignidade e humanidade”, disse o diretor do hospital.  

De acordo com Anderson, pai da família, eles sabiam que a saúde estava em dia. Entretanto, quiseram evitar um mal maior, tanto para pessoas próximas e para toda comunidade. “Nosso temor maior de ser o propagador. Por isso, nós tomamos a atitude de comunicar toda nossa viagem e o que estava acontecendo desde que a gente chegou”, comentou.  

A família recebeu alta da equipe médica e agora poderá retornar para casa e voltar com sua rotina normalmente.