Governador Romeu Zema esclarece sobre a possível terceira onda da Covid-19 no Estado de Minas Gerais em entrevista

0
220
Romeu Zema
Governador Romeu Zema (Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira (20) o Governador de Minas Gerais Romeu Zema concedeu entrevista a Rádio Difusora de Ouro Fino. O Governador reforçou pontos importantes referente a pandemia da Covid-19 no estado. Enfatizou que nos quatorze meses de pandemia, foram dobrados os números de leitos e enfermaria, eram 10 mil leitos, hoje somam 20 mil, referente aos leitos de UTI, o número atual chega em torno de 4.700. 

Na entrevista Romeu Zema explicou sobre a onda a roxa, ressaltando que Minas Gerais foi um dos últimos estados a decretar medidas semelhantes. Essa medida foi postergada ao máximo, pois, ela causa uma série de inconvenientes, principalmente para o setor produtivo. Foi afirmado por Zema, que a onda roxa apesar de ser considerada uma medida extrema, foi necessária devido a lotação dos hospitais, o foco era salvar vidas.

Referente a possível terceira onda da pandemia acontecer, o Governador, reforçou que o vírus possui potencial de sofrer mutação e pode surgir a qualquer momento ocasionando a temida terceira onda, mais letal e mais contagiosa, para que a mesma não aconteça, todos devem fazer sua parte, continuar com as medidas de isolamento e de higienização.

“Em Minas Gerais hoje, apesar do aumento dos números de casos e de óbitos, eu quero salientar e deixar bem claro, que nós somos o estado com o menor número de óbitos dentre os estados da região sudeste e da região sul, que são aqueles mais urbanizados e desenvolvidos. Lembro que Minas Gerais é um estado falido, então nós estamos tendo o melhor desempenho apesar de todas as dificuldades financeiras”, informou o Governador.

Confira a entrevista completa:

Responda

Please enter your comment!
Please enter your name here