Prefeitura de Ouro Fino não tem fiscais suficientes para fazer cumprir decretos

0
253
Prefeitura Municipal de Ouro Fino
Prefeitura Municipal de Ouro Fino

Com um número pequeno de profissionais da área da fiscalização, a Prefeitura de Ouro Fino encontra muitas dificuldades em fiscalizar aquilo que impõe nos decretos assinados por Henrique Wolf.

A alta cúpula da prefeitura de Ouro Fino está desesperada. O Observatório de Ouro Fino teve acesso à informações que apontam que o Executivo não possui número suficiente de fiscais para cumprir o que Henrique Wolf assinou nos decretos. Dessa maneira, estão convocando pessoas de outras áreas para realizaram fiscalizações no município.

Pressionados e com medo da população, a prefeitura está sem rumo no quesito fiscalização. Em um áudio recebido pelo Observatório de Ouro Fino, um dos funcionários diz: “Estou desesperado, já não sei o que faço mais”. Em um outro, o mesmo funcionário diz: “Nada como o pessoal que deu a cara a tapa, que foi coordenador da campanha do Henrique ir de bar em bar, ajudando, fiscalizando. Entendeu? Tem que dar a cara a tapa, tem que ajudar”, disse.

Com um número muito reduzido de funcionários para fiscalizar os próprios decretos elaborados pela prefeitura, até o vice-prefeito, João Giordani, foi citado como um possível fiscalizador noturno.

Em um dos áudios recebidos pela equipe do Observatório de Ouro Fino, o funcionário afirma que até o prefeito Henrique disse que sairia para fiscalizar. “O pau está comendo. O Henrique não atende o telefone, ele falou, assumiu que ia sair na fiscalização”, afirmou.

Desde o início da pandemia, era notório que a baixa equipe de fiscalização não seria suficiente para averiguar se os estabelecimentos cumpririam ou não os decretos assinados. Com isso, a população, enxergando diversas irregularidades, começou a se revoltar e cobrar uma posição mais firme do Executivo.