Vereador Paulo Luiz Cantuária pede vista e projeto Lei Pitoco não entra em votação na Câmara Municipal de Ouro Fino

0
223
Momento que é pedido vista pelo vereador
Momento que é pedido vista pelo vereador (Foto: Reprodução/ Câmara Municipal)

Na noite da última segunda-feira (08), o Projeto de Lei Complementar nº 001/2021 que dispõe sobre a proibição da fabricação, comercialização, manuseio, utilização, queima e soltura de fogos de artifício em Ouro Fino não foi aprovado pela Câmara Municipal.

O projeto, carinhosamente nomeado de Lei Pitoco, foi criado pela vereadora Vânia Aparecida Vieira Couto e sofreu modificações dos vereadores Clóvis Coldibeli e José Agostinho Muroni.

O vereador Paulo Luiz Cantuária pediu vista ao projeto, impedindo que o mesmo fosse votado durante a Sessão Ordinária. A atitude do legislador não agradou ao público presente, que na maioria eram representantes de ONGs. O Presidente da Câmara, Vanderlei Candido de Almeida precisou intervir e pedir respeito à Paulo Luiz Cantuária.

Os vereadores José Agostinho, Marcos Antônio da Silva e Vânia Aparecida Vieira Couto foram contra o pedido de vista do vereador Paulo Luiz Cantuária. Os demais legisladores foram a favor do projeto não ser votado no momento.

No entanto, o referido projeto ainda passará por discussão. Uma audiência publica deve acontecer e o PL deverá sofrer alterações e, após isso, entrar em votação na Câmara Municipal de Ouro Fino.

Responda

Please enter your comment!
Please enter your name here